Em busca do lámen perfeito

Há certas comidas que nos trazem lembranças. Para mim, por mais que seja descendente de japoneses, não é o caso do lámen. Quando criança, o mais próximo que cheguei desse prato (que eu me lembre) foi provando aquele macarrão instantâneo… Sim, eu sei que é um sacrilégio! Ainda mais quando me lembro do filme Tampopo – os brutos também comem espaguete (dir. Jûzô Itami, 1985), no qual uma dona de um lamen-ya (restaurante especializado em lámen) sai em busca do lámen perfeito: o ponto ideal do macarrão, a melhor forma de cozinhar o tyashu (carne de porco cozida), a quantidade de cebolinha…

Mesmo sem perceber, ando também nessa busca (não para abrir meu próprio restaurante, apenas para aquecer o corpo e satisfazer a fome de coisa boa), que foi incentivada pelo frio que chegou a São Paulo. Eis alguns lamen-ya que já visitei ou que estão na minha lista para ir em breve:

Momo Lamen

Esta é a minha mais nova descoberta de lamen-ya. Momo Lamen é uma casa especializada em lámen e udon no bairro da Liberdade. No cardápio, 13 variações de lámen e 4 de udon, mas também serve dombury (arroz com alguns acompanhamentos) e teishoko, este só no almoço.

Eu pedi a especialidade da casa, o Tsukemen, macarrão com molho especial do chef servido à parte. No molho, é possível saborear a mistura do missô, pimenta, polvo e fatias de carne de porco. O molho é quente, mas o macarrão vem frio, ligeiramente gelado, por isso, ao juntar as duas partes o prato fica morno. Morno só na temperatura, pois o sabor é deliciosamente picante.

Também tive oportunidade de experimentar uma porção de guioza na chapa (um lado crocante e outro macio) e o lámen com molho de shoyo, acompanhado de Karaague (frango frito). Minha opinião: tudo ótimo! E isso fica evidente quando digo que fiquei com vontade de voltar para experimentar as outras muitas opções de lámen.

Informações Úteis

Momo Lamen

Onde? Rua dos Estudantes, 34 – Liberdade – tel. 3207-5626

Quando? Seg. à qui.: das 11h às 15h e 18h às 21h. Sexta: 11h15 e 18h22. Sábado: 11h às 22h. Doming: 11h às 21h.

Site: http://www.momolamen.com.br

Facebook @momolamen

Lamen Kazu

No bairro da Liberdade, se você não chegar cedo com certeza enfrentará fila para conseguir uma mesa no espaço pequeno, porém aconchegante.  Com um cardápio que só de olhar abre o apetite, você (se for como eu) terá dificuldade de escolher rapidamente uma dentre as várias opções. O macarrão encorpado e o tyashu cozido lentamente, ganham diversas versões pelas possíveis combinações de caldos –  shoyo (molho de soja), missô (pasta de soja) ou shio (sal) –, temperos e picância. Prove o Shoyo Lamen, Kara Missô, Hokkaido… É, eu sei, não dá para comer tudo num dia só, mas, aí, você terá a desculpa de voltar mais vezes.

Informações Úteis

Lamen Kazu

Onde? Rua Tomás Gonzaga, 51 – São Paulo/SP – tel. 3277-4286

Quando? Seg. à sab.: das 11h às 15h e 18h às 22h30. Dom e feriado: das 11h às 15h e 18h às 21h.

Site: http://lamenkazu.com.br/

Facebook@lamenkazu

 

Lamen Açu

Ao lado do metrô Praça da Árvore também é possível ir a um restaurante especializado em lámen. Além dos pratos tradicionais (por exemplo, Shoyo Lamen), o Lamen Açu inova ao unir os sabores japoneses a ingredientes amazonenses, resultando em pratos como o Amazon Lamen, que leva jambu e tucupi.

A comida é correta, mas confesso que fiquei um pouco incomodada com o pouco espaço entre as mesas. Os funcionários têm de fazer malabarismo para entregar os lámens no final da mesa e dá um pouco de aflição saber que há uma sopa quente passando por cima de sua cabeça.

Informações Úteis

Lamen Kazu

Onde? Rua Guaraú, 120 – São Paulo/SP – tel. 5589-9124

Quando? Seg. à quinta, das 11h às 14h30 e das 18h às 21h30. Sexta e sábado, das 11h às 14h30 e das 18h00 às 22h.

Obs.: faz entregas na região.

Site: http://www.lamenacu.com/

Facebook@lamenacu

 

Outras opções

Aska – Ótimo lugar para comer bem, mas não para sentar e ficar conversando com os amigos, pois o lugar é tão cheio que, assim que acaba seu prato, os atendentes pressionam para você ir embora. Vale a pena ficar no balcão vendo os lámens sendo preparados. (R. Galvão Bueno, 466 – Liberdade. @aska)

Jojo – Estou enrolando para conhecer o Jojo. Continua sendo o o próximo da minha lista, pois estou curiosa em saber se ele é tão bom como dizem… Ainda bem que está frio e posso matar a curiosidade me aquecendo um pouco. (Rua Dr. Rafael de Barros, 262 – Paraíso. Site: http://www.jojoramen.com.br/. Facebook: @ramenjojo)

Vox Populi

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*